Blog

Microagulhamento: sua pele rejuvenescida

12 de set
|

Você sabia que o método de microagulhamento ajuda, e muito, no rejuvenescimento facial? Além de ser um método minimamente invasivo, ele ainda garante excelentes resultados para diversas alterações de pele. Conheça mais sobre este procedimento:

 

Microagulhamento: o que é?

O microagulhamento consiste na aplicação de um rolo com diversas micro agulhas esterilizadas de aço cirúrgico na pele. Essas pequenas agulhas penetram na pele resultando em pequenas escoriações capazes  de estimularem a formação de colágeno e elastina na região .Além disso, formam micro canalículos através dos quais penetram os ativos na pele.

 

Para que o microagulhamento é indicado?

As micro lesões na pele aumentam a produção de colágeno e elastina. Essa produção faz com que a estrutura da pele seja refeita nesse local, já que esses elementos são responsáveis pela firmeza e vitalidade da nossa pele. 

Portanto, esse método pode ser utilizado para o tratamento de diversos alterações na pele. São indicados para promover o rejuvenescimento facial, a suavização de rugas, cicatrizes causadas por acne e poros dilatados. Além disso, o procedimento é altamente indicado para a hidratação da pele. 

 

Técnica de aplicação

Como esclarecido anteriormente, o aparelho utilizado na aplicação é composto por centenas de agulhas, muito finas e pequenas, que penetram na  pele. Esse procedimento por si só já é capaz de estimular a renovação celular. Porém, ainda são aplicados fatores de crescimento que penetram na pele com mais facilidade.

Muitas pessoas se perguntam se o tratamento causa muita dor, porém ele é bem tolerado pelos pacientes. Caso a pessoa sinta muito desconforto, o uso de anestésicos tópicos ou locais podem  ser feitos. Além disso, as sessões têm duração média de 30 minutos. 

 

Cuidados

O microagulhamento requer cuidados simples no pós operatório, como evitar o uso de maquiagem por 24 horas e evitar a exposição solar.

O cuidado mais importante que se deve ter ao realizar esse procedimento é a escolha do profissional  especializado, que realizará o procedimento. Por causar pequenas lesões na pele, é importante que todos os materiais e instrumentais utilizados sejam devidamente esterilizados , mantendo uma cadeia asséptica ideal. O que garante a proteção do paciente.

 

Restou alguma dúvida? Entre em contato conosco e pré-agende sua consulta de avaliação. | Não esqueça de continuar acompanhando o nosso blog.  

Artigos relacionados

24 de mar

Mesoterapia no rosto: entenda como funciona

Conforme nosso corpo envelhece, marcas surgem em nosso rosto, e isso é normal. Porém, com a...

19 de mar

Como é a recuperação da lipo de papada com enzimas?

O que é a lipo enzimática de papada e como é sua recuperação? A gordura abaixo do queixo te...

12 de mar

Harmonização facial: como é feito?

O que é a harmonização facial? O objetivo da harmonização é deixar o rosto mais harmônico,...

Receba conteúdos exclusivos sobre Harmonização Orofacial