Blog

Corrigir o sorriso gengival sem cirurgia é possível

14 de nov
|

Um belo e harmonioso sorriso é a porta de entrada para se ter uma autoestima alta. E quando existem pontos que deixam o paciente insatisfeito com seu sorriso, os procedimentos de harmonização orofacial em conjunto com a odontologia estética podem ajudar. Como no caso do sorriso gengival, a toxina botulínica pode recuperar a autoestima da paciente. Nesse artigo, você irá entender como a toxina botulínica pode corrigir o sorriso gengival. Confira!

 

O que é o sorriso gengival?

Quando sorrimos, é normal nossa gengiva ficar discretamente à mostra. Dentro da odontologia, o padrão para um sorriso ser considerado gengival é quando a gengiva fica  mais de 3 milímetros acima da linha dos dentes superiores quando o paciente sorri. Existem diversos problemas os quais resultam no sorriso gengival, alguns deles são:

 

  • Hipertrofia gengival
  • Lábios pequenos
  • Excesso de maxilar
  • Hiperatividade dos músculos elevados
  • Coroa dentária curta

 

Corrigindo o sorriso gengival com toxina botulínica

Como já falamos em diversos de nosso artigos, a toxina botulínica é muito utilizada na correção de rugas e marcas de expressão. Mas o que pouca gente sabe é que ela também é usada na correção do sorriso gengival. Dessa forma, melhorando o sorriso e restabelecendo a autoestima do paciente.

Quando aplicada, a toxina botulínica tem a função de relaxar os músculos, assim ao sorrir os lábios não sobem tanto, diminuindo a exposição da gengiva.

 

Procedimento de correção

O procedimento é realizado de forma fácil e rápida. No consultório mesmo, primeiramente o paciente realiza a avaliação, e logo após já pode iniciar a sessão. Existe uma indicação  para cada paciente, por conta disso é tão importante realizar uma avaliação. 

Sem intervenção cirúrgica, a toxina botulínica traz resultados imediatos,  também não necessita de anestésicos, logo após o procedimento o paciente pode realizar suas atividades normalmente. Apenas com alguns cuidados especiais, como não realizar exercícios físicos dentro de 24 horas após o procedimento, não se deitar dentro de 4 horas e não comprimir a região onde foi realizado o procedimento.

 

Resultados

Os resultados são visíveis já na primeira sessão. Assim, isso explica a grande procura por esse tratamento. Porém, existe a necessidade de realizar sessões recorrentes, pois os efeitos da toxina no organismo da paciente têm duração de 4 a 6 meses. Então após esse período, recomenda-se realizar mais sessões para a permanência do efeito.

 

Aqui na OdontoFacie o procedimento de corrigir o sorriso gengival é realizado por profissionais de alta capacitação. Então, se você busca um belo sorriso, agende uma consulta de avaliação conosco.

 

Continue acompanhando nosso blog, assim você se mantém bem informada sobre novidades e tendências do mundo estético.

Artigos relacionados

24 de mar

Mesoterapia no rosto: entenda como funciona

Conforme nosso corpo envelhece, marcas surgem em nosso rosto, e isso é normal. Porém, com a...

19 de mar

Como é a recuperação da lipo de papada com enzimas?

O que é a lipo enzimática de papada e como é sua recuperação? A gordura abaixo do queixo te...

12 de mar

Harmonização facial: como é feito?

O que é a harmonização facial? O objetivo da harmonização é deixar o rosto mais harmônico,...

Receba conteúdos exclusivos sobre Harmonização Orofacial