Blog

Benefícios do microagulhamento, a tendência para 2020

27 de jan
|

Você já ouviu falar nos benefícios do microagulhamento? No ano de 2019 o procedimento se tornou mais conhecido, e para 2020 ele é a aposta de tendência. Cada vez mais procurado nos consultórios, o microagulhamento veio para ficar. Também não é para menos: o procedimento traz resultados visíveis após a primeira sessão. Ele pode melhorar vários aspectos da pele, como cicatrizes de acne, estrias, flacidez, calvície e até mesmo as manchas escuras da pele do rosto, chamadas de melasma. Vamos conhecer um pouco mais sobre o microagulhamento?

 

O que é o microagulhamento e quais seus benefícios?

O microagulhamento é um procedimento que beneficia a remoção de cicatrizes da pele, atenua manchas, rugas e linha de expressão. Tudo isso é feito a partir da estimulação do colágeno natural da pele, com micro-agulhas que penetram na derme. Dessa forma, o procedimento favorece a formação de novas fibras de colágeno, dando mais sustentação à pele e a deixando com um ar rejuvenescido. Além disso, o microagulhamento diminui as cicatrizes causadas por acne, o que é um grande incômodo para muitas pessoas.

 

Para que o procedimento serve?

A função principal do microagulhamento é favorecer a produção de novas fibras de colágeno na pele, por ação das micro-agulhas. Dessa forma, o colágeno irá beneficiar a pele em vários aspectos: traz de volta a sustentação natural, melhora o aspecto das manchas, diminui as cicatrizes causadas por acne e outras ações, atenua rugas e marcas de expressões, entre outros. Além disso, o microagulhamento beneficia diminuindo os poros do rosto e elimina estrias do corpo.

 

Como o microagulhamento é feito?

O procedimento é realizado no próprio consultório, com anestesia da pele onde será feito o tratamento. Além disso, na utilização dos rolos, como o dermaroller, o profissional deve escolher o tamanhos das agulhas conforme a necessidade do paciente. Dessa forma, a profundidade do tratamento pode ser controlada. 

 

Dói?

A dor depende muito da área tratada. Quando é uma região menor, a dor tende a ser mais branda. Porém, quando a região tratada é maior, o paciente pode sentir um desconforto. De qualquer forma, a dor é suportável mesmo por pacientes mais sensíveis, e por não ser um procedimento demorado, é possível aguentar a sessão completa sem complicações.

 

Quais os cuidados pós-procedimento?

Os cuidados com a pele, principalmente do rosto, precisam de uma atenção maior após procedimento. Sendo assim, o uso de protetor solar diário é essencial, além do uso de cremes cicatrizantes. Além disso, no próprio consultório, após o procedimento, o profissional  irá aplicar alguns cremes para melhorar os resultados finais.

 

Em quanto tempo os resultados aparecem?

Os resultados do microagulhamento costumam começar a aparecer 15 dias depois. Assim, já é notado diminuição das cicatrizes e clareamento da pele. Porém, após 90 dias é que os resultados finais aparecem, quando a pele estará completamente cicatrizada e renovada.

 

microagulhamento para acne

Microagulhamento para cicatriz de acne

 

Quantas sessões são necessárias para ver os benefícios do microagulhamento?

Isso irá variar da condição da pele a ser tratada. Em geral, são feitas três a quatro sessões, com intervalos de trinta dias entre elas. Assim, dá tempo para a pele se recuperar para a próxima. Além disso, dependendo  da finalidade do tratamento e características da pele, o número de sessões pode variar de paciente para paciente. Dessa forma, o melhor é fazer uma avaliação com um profissional especializado.

 

Quanto tempo dura uma sessão?

As sessões são rápidas, tendo duração de 30 minutos a uma hora, no consultório mesmo.

 

Existem contraindicações?

Em alguns pacientes, o procedimento não é indicado. Por exemplo:

  • Pacientes que fazem uso de anticoagulante;
  • Com diabetes não controlada;
  • Pacientes com câncer de pele;
  • Com lesão ou doença de pele ativa na região tratada (como rosácea, queimadura, verrugas, acne ativa, herpes, etc);
  • Com problemas de coagulação sanguínea.

Pessoas com propensão à formação de quelóides precisam ser avaliadas, e em algumas regiões do corpo podem ser contraindicadas ao microagulhamento. Além disso, o microagulhamento também é contraindicado para quem tem psoríase ou fez uso de isotretinoina nos seis meses anteriores.

microagulhamento para estrias

Microagulhamento para estrias

 

Como vimos, os benefícios do microagulhamento são muitos. Assim, ele vai da diminuição de estrias, até clareamento de manchas da pele do rosto, passando pela diminuição de cicatrizes e manchas de acne. Quer saber mais? Marque uma avaliação com a equipe da OdontoFacie!

 

Continue acompanhando nosso blog para mais conteúdos como esse. Assine nossa newsletter abaixo!

Artigos relacionados

24 de mar

Mesoterapia no rosto: entenda como funciona

Conforme nosso corpo envelhece, marcas surgem em nosso rosto, e isso é normal. Porém, com a...

19 de mar

Como é a recuperação da lipo de papada com enzimas?

O que é a lipo enzimática de papada e como é sua recuperação? A gordura abaixo do queixo te...

12 de mar

Harmonização facial: como é feito?

O que é a harmonização facial? O objetivo da harmonização é deixar o rosto mais harmônico,...

Receba conteúdos exclusivos sobre Harmonização Orofacial